Pt:Boas práticas

From OpenStreetMap Wiki
(Redirected from Pt-br:Good practice)
Jump to: navigation, search
Linguagens disponíveis — Good practice
· Afrikaans · Alemannisch · aragonés · asturianu · azərbaycanca · Bahasa Indonesia · Bahasa Melayu · Bân-lâm-gú · Basa Jawa · Baso Minangkabau · bosanski · brezhoneg · català · čeština · dansk · Deutsch · eesti · English · español · Esperanto · estremeñu · euskara · français · Frysk · Gaeilge · Gàidhlig · galego · Hausa · hrvatski · Igbo · interlingua · Interlingue · isiXhosa · isiZulu · íslenska · italiano · Kiswahili · Kreyòl ayisyen · kréyòl gwadloupéyen · Kurdî · latviešu · Lëtzebuergesch · lietuvių · magyar · Malagasy · Malti · Nederlands · Nedersaksies · norsk bokmål · norsk nynorsk · occitan · Oromoo · oʻzbekcha/ўзбекча · Plattdüütsch · polski · português · português do Brasil · română · shqip · slovenčina · slovenščina · Soomaaliga · suomi · svenska · Tiếng Việt · Türkçe · Vahcuengh · vèneto · Wolof · Yorùbá · Zazaki · српски / srpski · беларуская · български · қазақша · македонски · монгол · русский · тоҷикӣ · українська · Ελληνικά · Հայերեն · ქართული · नेपाली · मराठी · हिन्दी · অসমীয়া · বাংলা · ਪੰਜਾਬੀ · ગુજરાતી · ଓଡ଼ିଆ · தமிழ் · తెలుగు · ಕನ್ನಡ · മലയാളം · සිංහල · ไทย · မြန်မာဘာသာ · ລາວ · ភាសាខ្មែរ · ⵜⴰⵎⴰⵣⵉⵖⵜ · አማርኛ · 한국어 · 日本語 · 中文(简体)‎ · 吴语 · 粵語 · 中文(繁體)‎ · ייִדיש · עברית · اردو · العربية · پښتو · سنڌي · فارسی · ދިވެހިބަސް

O OpenStreetMap é um projeto livre mantido por voluntários. Qualquer um pode contribuir com o que quiser. Entretanto, o projeto se desenvolve melhor se os participantes concordarem num código de conduta. Estas "boas práticas" são diretrizes que aumentarão a qualidade dos dados do OSM sem nenhum esforço adicional. Ninguém é obrigado a obedecê-las, assim como o OpenStreetMap não obriga ninguém a fazer nada. Podem haver casos em que estas diretrizes não se apliquem, ou mesmo se contradigam.

Corrija erros

Se você encontrar elementos com etiquetas que você considere erradas, não tenha medo de corrigi-las. Este projeto é como uma wiki — de qualquer maneira, suas correções sempre poderão ser revertidas. Portanto, seja audacioso!

Mapeie o que há em campo

Algumas vezes há informações conflitantes sobre, por exemplo, o nome de um lugar. Um mapa antigo pode chamá-lo de uma coisa, mapas atuais podem chamar de outra, e a placa no local, de outra coisa. Os usuários dos nossos mapas não querem saber como se está escrito em outros mapas; eles precisam encontrar os nomes das placas no mapa e vice-versa. A única exceção seriam erros óbvios de digitação ou grafia, como "Avenida Atlntica". Assumindo que as pessoas procurariam pela grafia correta, faz sentido corrigir esses erros.

Verificabilidade

Artigo principal: Verificabilidade (en)

Os dados do OSM devem, sempre que possível, ser verificáveis. O princípio se aplica a etiquetas e outros aspectos de representação dos dados, e essencialmente significa que outro mapeador deve poder ir ao mesmo local e coletar os mesmos dados — verificar os dados que você colocou.

Não mapeie eventos históricos ou elementos passados

Isto é uma consequência do princípio da verificabilidade. Não mapeie eventos históricos. Também não mapeie objetos se eles não estiverem mais lá, porque estes elementos não podem ser verificados. Eventos históricos foram discutidos aqui (en). Se ruínas foram deixadas, e portanto são verificáveis, então certamente mapeie-as (por exemplo com historic=ruins). Parece haver um consenso que ferrovias abandonadas ou desmontadas podem ser mapeadas se há vestígios (use, por exemplo, railway=abandoned). Ferrovias abandonadas ou desmontadas foram discutidas aqui (en). Objetos que não existem mais podem ser mapeados no OpenHistoricalMap (veja Open Historical Map).

Não mapeie eventos temporários ou elementos temporários

Nossos dados são baixados frequentemente para serem usados offline em diversos dispositivos por semanas ou meses. Portanto, para os dados offline serem úteis, espera-se que ao menos eles se mantenham os mesmos por algumas semanas após você mapear. Certos eventos que acontecem numa frequência regular (como uma feira de fim de semana), podem ser mapeados utilizando certas etiquetas.

Não mapeie sua legislação local, se não relacionada a objetos físicos

Coisas como normas de tráfego devem apenas ser mapeadas através dos objetos em campo que as representam, como uma placa de trânsito, ou a sinalização pintada nas vias. Outras regras que não podem ser vistas de alguma maneira não devem ser mapeadas, já que não são universalmente verificáveis.

Não mapeie para o renderizador

Artigo principal: Mapear para o renderizador (en)

Desenhe os objetos como eles existem em campo – não insira dados inverídicos ou incorretos apenas porque ajudará um renderizador, roteador ou qualquer outro aplicativo. Estes estão sempre melhorando. Não distorça os dados para fazê-los serem exibidos de forma mais bonita; apenas seja paciente.

Bons comentários para conjunto de alterações (changesets)

Artigo principal: Bons comentários para o conjunto de alterações (en)

Um bom comentário para o conjunto de alterações (changeset) deve descrever a edição de forma concisa e adequada. Você deve fazer isso como cortesia aos seus colegas mapeadores, para evitar mal entendidos e para ter os erros consertados rapidamente. Um bom comentário valoriza as suas edições. Pode inclusive ajudá-lo quando, no futuro, você procurar uma edição antiga sua.

Não use a etiqueta name=* para descrever as coisas

Várias estradas agrícolas nomeadas "Estrada" (em alemão)

Artigo principal: Nomes (en)

A chave name=* deve ser usada somente para o nome de um elemento. Não é o espaço apropriado para descrever ou classificar o elemento — usamos outras etiquetas para isso. Por exemplo, é errado haver uma etiqueta name=Estrada numa estrada agrícola passando por uma floresta. Basta a etiqueta highway=track. Se a estrada possuir um nome (como um nome de rua), certamente poderia ter uma etiqueta name=*; caso contrário, deveria ficar sem esta etiqueta.

Você pode encontrar etiquetas apropriadas nos editores usando suas predefinições. No iD apenas comece a digitar após adicionar um novo objeto. No JOSM, você pode buscar predefinições pressionando a tecla F3. Se você não encontrar o que procura, busque nesta wiki ou no Taginfo, ou apenas pergunte à comunidade. Se você não conseguir encontrar etiquetas, adicione uma tag de nota para outros mapeadores (note=*) ou uma descrição do elemento (description=*).

Mantenha o histórico

Quando coisas mudam no mundo real, seja ousado e edite o mapa para que ele reflita a situação atual. Mas saiba que o OpenStreetMap mantém o histórico de um elemento, e você pode ajudar a manter este histórico certificando-se de reutilizar o elemento quando ele se transforma em uma outra coisa. Por exemplo, se um restaurante fecha as portas, não apague o nó. Apenas remova a etiqueta amenity=restaurant, mantendo as outras etiquetas intactas (como as de endereço).

Quando editar edifícios (building=*) ou áreas de uso humano (landuse=*) você pode querer apagar e desenhar do zero, mas para manter o histórico é melhor editar os objetos já existentes. Para o JOSM, existe uma ferramenta "substituir geometria" no plug-in utilsplugin2. Com isto, você pode desenhar um elemento do zero e usar o histórico do existente.

Um objeto, um elemento no OSM

Artigo principal: Um objeto, um elemento no OSM (en)

Não coloque nós em área etiquetadas da mesma maneira apenas para ver um ícone aparecer no mapa. Os renderizadores exibirão ícones em áreas também e não há necessidade de se ter cada estacionamento, campo de futebol, etc., duplicado no banco de dados.

Mantenha linhas retas como tais

Artigo principal: Convenções e padrões de edição (en)

Quando há uma rua que é reta mesmo, desenhe-a como tal. Isso significa apenas uma linha entre dois nós, sem nenhum nó no meio do caminho. Algumas ruas são perfeitamente retas, mesmo quando sua trilha de GPS mostre que não.

O JOSM, iD e Potlatch têm ferramentas que tornam retas as vias com interseções. Isso mantém o nosso banco de dados limpo e faz os mapas terem uma melhor aparência. Entretanto, se você tem várias trilhas de GPS para uma certa rua e todas elas mostram uma curva, e você vê a curva numa imagem aérea, então certamente desenhe a curva no OSM.

Mapeie curvas com um número apropriado de nós

Garanta que um número razoável de nós seja usado para desenhar curvas e outras características. Não há uma regra pronta sobre quantos nós devem ser usados — você deve usar seu próprio bom senso —, mas deve haver o suficiente para que os ângulos entre os segmentos sucessivos não sejam muito bruscos (isto é, que não sejam perto de 90°). Isto significa que em curvas mais fechadas, os nós deverão estar mais próximos uns dos outros para mapear uma curva suave. Em curvas mais abertas, o nós estarão mais afastados.

Tire a média de trilhas de GPS

Artigo principal: Precisão dos dados de GPS (en)

A precisão dos pontos em uma trilha de GPS pode ter um erro de vários metros. Isto depende de vários fatores, como a posição dos satélites quando a trilha foi gravada, cobertura vegetal, proximidade a edifícios, posição do dispositivo GPS em relação ao centro da rua, etc. Se muitas trilhas foram gravadas para a mesma rua, então a imprecisão de uma das trilhas terá impacto muito menor na média de todas as trilhas.

Por isso é útil enviar todas as trilhas para o servidor, mesmo que cubram ruas que já estão no banco de dados. Isso permite que outros possam usar as suas trilhas para tirar a média com outras e assim conseguir uma precisão maior.

Se você tem muitas trilhas cobrindo o mesmo caminho, você pode também tentar o script "average tracks" para fazer um "traçado médio".

Alinhe imagens de satélite antes de traçar sobre elas

Artigo principal: Usando imagens de satélite (en)

Imagens de satélite, independentemente da fonte, serão desalinhadas com as posições reais dos objetos em campo. Assim como podem ser pequenos o suficiente para serem ignorados, os desalinhamentos podem ser significativamente maiores que um típico erro de GPS (maior do que 10 metros), além de mudar de área para área (fazendo com que realinhamentos sejam necessários). É extremamente importante que você verifique isto antes de mover dados já existentes ou adicionar novos.

Possíveis formas de alinhar e verificar alinhamento

  • trilhas de GPS existentes ou dados de pontos de interesse de alta precisão.
  • elementos já existentes no mapa do OSM
  • camada do Strava

Tanto o JOSM, o iD quanto o Potlatch possuem ferramentas para alinhamento da imagem de satélite.

Não trace sobre imagens desatualizadas

Artigo principal: Mapeamento de sofá (en)

Só porque está disponível, não significa que imagens de satélite estejam atualizadas. Sempre verifique antes de modificar ou apagar dados já existentes. O mais garantido é mapear apenas as áreas que você visita e verifica pessoalmente.

Marque estimativas com fixme=*

Às vezes faz sentindo estimar posições ao invés de nem ao menos mapear o objeto. Mas sempre marque suas estimativas com uma etiqueta fixme=* ("conserte-me") para que outro mapeador encontre o problema com facilidade e saiba que ele deve ser consertado.

Não apague etiquetas que você não entende

De vez em quando você vai se deparar com elementos com etiquetas que não fazem nenhum sentido para você. Isto não significa que você deva automaticamente apagá-las. Elas devem ter sido adicionadas para um fim específico. Se você acha que são besteiras, contate o autor.

Documente as suas tags personalizadas

Artigo principal: Novos elementos (en) Quando você usa etiquetas que não estão nos elementos de mapa, documente-as na wiki, para permitir que outros mapeadores as entendam — e quem sabe passem a adotá-las também.

Não exagere nos valores separados por ponto-e-vírgula

Artigo principal: Ponto-e-vírgula como separador de valores (en) O ponto-e-vírgula pode ser utilizado quando vários valores precisam ir na mesma chave. Isto pode ser útil para adicionar uma lista de valores em certas etiquetas menos importantes; contudo, deve ser evitado em etiquetas mais importantes. Em geral, deve-se evitar o exagero com estes caracteres especiais, já que eles diminuem a simplicidade do sistema de etiquetamento.

Veja também