User:Fbello

From OpenStreetMap Wiki
Jump to navigation Jump to search

User icon 2.svgfbello (on osm, edits, contrib, heatmap, chngset com.)

Babel
pt Este usuário/utilizador tem como língua materna o Português.
en-5 This user speaks English at a professional level.
es-1 Este usuario puede contribuir con un nivel básico de español.
fr-1 Cette personne peut contribuer avec un niveau élémentaire de français.

Classificação de estradas e rodovias:

Mapas e listas de rodovias do Brasil
Estado Órgão Mapa Lista Fontes
Brasil DNIT Mapas 2013 SNV 2020-04a [1] SNV
AC DERACRE Mapa 2009 [2]
AL DER Mapa 2013 [3]
AM SEINFRA [4]
AP Transporte [5]
BA SEINFRA Mapa 2017 CMR-2012 [6]
CE DER Mapa 2017 [7]
DF DER Mapa 2017 SRDF-2017 [8] [9]
ES DER Mapa 2016 [10]
GO AGETOP Mapa 2012 SRE-2015 [11]
MA SINFRA [12]
MG DEER Venda de mapa Rede Rodoviária [13]
MS SEINFRA/AGESUL Mapa 2018 SRE-2017 [14]
MT SINFRA Mapa 2012 SRE-2012 [15] [16]
PA SETRAN [17]
PB DER Mapa 2016 Cadastro [18] [19] [20]
PE DER Mapa 2013 [21]
PI DER Mapa 2015 [22] [23] [24]
PR DER/Infraestrutura Mapa 2018 SRE-2017 [25] [26]
RJ DER Mapa 2006 [27]
RN DER [28]
RO DER [29]
RR SEINF [30]
RS DAER Mapa 2017 SRE-03/2018 [31] [32]
SC DEINFRA Mapa 2017 PDR/SC-2008 [33] [34] [35]
SE DER Mapa 2017 [36]
SP DER Mapa 2017 Pesquisa [37] [38]
TO SEINF Mapa 2017 [39] [40]

C

Alguns pontos importantes:

  • Para gravar os caminhos no cartão:
    • No menu Tracks:
      • Track Log: ON
      • Setup: Data Card Setup: Log Track To Data Card
  • Gravar trilhas à taxa de 1 ponto por segundo
  • Para descarregar o cartão:
    • Ligar o cabo USB entre o GPS e o computador
    • No menu Setup: Interface: USB Mass Storage
    • Copiar como se fosse um pendrive ou fazer um upload direto ao OSM
  • Editar sobre o caminho mapeado


Edição de rodovias federais

Estou trabalhando nas rodovias federais (por enquanto, BR-101, BR-116 e BR-153). Os passos a seguir precisam ser feito no JOSM:

  1. Encontrar dados sobre as rodovias: DAER-RS: SRE (Mar/2018); DNIT: SNV (Mar/2018)
  1. Abrir a relação no JOSM, clicando no link "J" na tabela de Rodovias Federais do RS ou Rodovias Estaduais do RS com o JOSM aberto. Se a relação ainda não estiver definida na lista, procurá-la no OSM ou, se não existir, criar uma nova relação com os tags "type=route", "route=road", "network" ("network=BR" em federais, "network=BR:RS" em estaduais", "ref" e, se for o caso, "name". Atualizar a tabela do wiki, se for o caso.
  2. Abrir a relação no editor de relações, ordenar a relação e verificar a integridade da mesma. O início e final da rodovia podem ser marcados por um pequeno triângulo com o tag "highway=dummy". Esse segmento não é renderizado em nenhum mapa, mas facilita bastante o trabalho de mapeamento e verificação das relações. Por exemplo, para uma rodovia hipotética BR-000, o triângulo do início da rodovia teria os tags "highway=dummy", "ref=BR-000" e "name=Início da BR-000", ao passo que o triângulo do final da rodovia teria os tags "highway=dummy", "ref=BR-000" e "name=Final da BR-000". O tag "highway=dummy" pode ser usado também para ligar segmentos desconexos da rodovia, nos casos em que ela não existe em parte do seu percurso (como a BR-101 no Paraná). Nesses casos, recomenda-se, além dos tags "highway=dummy" e "ref", usar também o tag "layer=-5", para evitar mensagens de erro. A relação deve começar com o segmento "Início da XX-XXX" e seguir por uma sequência de segmentos conectados até o segmento "Final da XX-XXX".
  3. Caso algum segmento da relação esteja faltando, ele deve ser adicionado à mesma.
  4. Colocar a relação em ordem e acertar o sentido das vias:
    • Começar colocando o início da rodovia no topo (BR-1xx começam no norte e terminam no sul)
    • A direção das vias de mão única deve apontar para o sentido da via e elas devem ter o tag oneway=yes
    • A direção das vias de mão dupla deve apontar preferencialmente para o final da rodovia, a menos que haja um motivo muito forte para tal (por exemplo, se o trecho também faz parte de uma rodovia mais importante e o sentido das duas rodovias é conflitante).
    • Quando a rodovia for duplicada, aplicar o papel forward nas vias; em seguida, ordenar juntas (dentro do trecho duplicado) todas as vias que compõem o lado que vai na direção da rodovia; finalmente ordenar todas as vias que vêm na direção oposta no sentido da rodovia (ou seja, como se estivéssemos andando de ré) e colocar o bloco inteiro de vias que vêm após o bloco de vias que vão. Nas BR-1xx, por exemplo, a sequência de trechos será sempre de norte a sul).
  5. Adicionar os trechos que faltam à relação. Pode ser que a via exista, mas não esteja listada na relação ou pode ser necessário criar a via. Conferir os trechos na página do Ministério dos Transportes.
  6. Conferir o tipo de rodovia de cada trecho. Rodovias duplicadas normalmente podem ser highway=motorway (se forem vias expressas sem sinaleiras, lombadas, cruzamentos ou outros obstáculos) ou highway=trunk, mas podem eventualmente ser de outro tipo. Rodovias pavimentadas normalmente são highway=primary ou (se forem de menor importância) highway=secondary. Rodovias não pavimentadas normalmente são highway=tertiary ou (se forem mais importantes) highway=secondary. A mesma rodovia pode ter trechos com tipos diferentes. Se a rodovia ainda não existe, pode-se usar highway=planned.

Adicionando a camada Strava em alta definição no JOSM

Fonte: https://josm.openstreetmap.de/ticket/16100

  1. Entrar no site do Strava e fazer login: https://www.strava.com/login
  2. Acessar o heatmap do Strava: https://www.strava.com/heatmap
  3. Copiar o valor de três cookies do Strava:
    1. Na página do heatmap, selecionar a opção do Menu Firefox: Web Developer: Toggle Tools
    2. Na aba Storage, selecionar Cookies: https://www.strava.com
    3. Copiar os valores dos cookies CloudFront-Key-Pair-Id, CloudFront-Policy e CloudFront-Signature
  4. Abrir o JOSM
  5. Abrir a configuração de camadas em Editar: Preferências: Preferências das camadas: Provedores das imagens
  6. Clicar no botão +TMS para adicionar uma camada (substituir COOKIE1, COOKIE2 e COOKIE3 pelos valores copiados anteriormente):
    1. Enter URL: https://heatmap-external-{switch:a,b,c}.strava.com/tiles-auth/ride/bluered/{zoom}/{x}/{y}.png?Key-Pair-Id=COOKIE1&Signature=COOKIE3&Policy=COOKIE2
    2. Enter maximum zoom (optional): 3,17
    3. Edit generated TMS URL (optional): tms[3,17]:https://heatmap-external-{switch:a,b,c}.strava.com/tiles-auth/ride/bluered/{zoom}/{x}/{y}.png?Key-Pair-Id=COOKIE1&Signature=COOKIE3&Policy=COOKIE2
    4. Enter name for this layer: Strava HiRes
  7. Adicionar no mapa a camada Strava HiRes
  8. Dar zoom até onde a camada permanece visível (zoom 17), clicar com o botão direito na camada e desmarcar Zoom automático
  9. Aumentar o zoom e usar a camada do Strava para alinhar as imagens de satélite ou traçar diretamente
  10. Quando os cookies expirarem, logar novamente no Strava e obter novos cookies