WikiProject Brazil/Associação/Rodada/4.1

From OpenStreetMap Wiki
Jump to: navigation, search
Entidade OSM-BR
Itens em uso:
›› recesso para revisão ‹‹ 
...Estatuto final (p. consulta)
Outros subsídios:
URL-curta da home:
http://bit.ly/OSM-BR

Projeto do formulário "Estatuto da Associação OSM-BR, votação 1: finalidade"

Esta página apresenta os subsídios e a discussão que levarão ao formulário de votação, justificando sua forma e conteúdo. No contexto das demais votações corresponde à Rodada-4.1 de discussão estruturada. O formulário terá como público as pessoas inscritas no Cadastro da rodada-3.

Assunto da votação
A seção Objetivos (finalidade da associação) do Estatuto-esqueleto.
O Estatuto da Associação terá diversos itens descrevendo a sua finalidade, serão votados esses itens dentre aqueles sugeridos anteriormente (nas fontes F1, F2, etc. indicadas abaixo).
Metodologia no projeto do formulário
No formulário o texto das opções (itens de finalidade a serem votados), identificadas aqui no planejamento como Op1, Op2, etc., terá sua origem no texto consolidado das opções das fontes (F1.1, F1.2, ..., F2.1, F2.2, ...), que foram "sugestões de finalidade da assoação" dadas em diversos canais e diversos momentos. Sendo muitas, uma curadoria irá selecionar as mais importantes, para reduzir a um número razoável, algo como máximo de ~10 opções consolidadas para a votação.
Os curadores podem eventualmente incluir opções com as devidas justificativas para complementar lacunas lógicas. O caso típico é a representação de um subconjunto da comunidade, que precisa ser complementado pela opção de representar o restante da comunidade.
Fontes de referência
As fontes tabuladas tiveram origem nos seus fragmentos transcritos.
O levantamento das fontes será realizada com apoio do grupo disponível no canal Telegram-Associação e na Wiki. As opções a serem votadas terá sua auditoria e curadoria realizada pelo mesmo grupo.

Todas as discussões deste planejamento no Telegram-Associação e no talk:wiki.

FORMULÁRIO

Disponível para o público como google-form 1FAIpQLS... ou endereço curto https://goo.gl/forms/zOJqnb1rTK55vkz22.

Declaração de privacidade

Não há privacidade. Trata-se de uma votação aberta e transparente, onde a tabulação dos resultados pode ser auditada pelos próprios votantes. Por questões de controle apenas o administrador do Cadastro terá acesso integral, todos os demais terão acesso somente para leitura. A planilha de resultados será sumarizada nesta página Wiki.

Opções de "missão da associação"

A missão é como um "slogam" da associação, resumindo os seus valores e objetivos.

  1. Promover a abertura, fusão, construção colaborativa e preservação de dados espaciais de utilidade pública para o Brasil
  2. Representar os interesses de nossos associados.
  3. Dar aos brasileiros o poder do conhecimento geoespacial e aproximar os mapeadores.

Notas: talvez os termos menos óbvios sejam "fusão" e "preservação". A "fusão" refere-se à proposta de ser uma base unificada, subsidiando outras bases de dados; a "preservação" refere-se à necessidade do Brasil preservar mapas históricos e mapas mais especializados que não sejam necessariamente aqueles disponibilizados pelo servidor-OSM mundial.

Opções de "valor"

Itens de sugestão consolidados (juntando 2 ou mais similares em 1), extraídos das fontes indicadas. O texto de alguns itens, mesmo não sendo resultantes de consolidação, podem não ser copia/cola pois requerem adaptação — a redação do item requer redação mais mais formal num Estatuto.

V1. Unidade    
(F2.2)
V2. Empreendedorimo    
(F1.2,F2.6)
V3. Dados abertos    
(F1.4, F1.9, F3.1, F2.9E)    
V4. Qualidade do mapa    
(F1.8, F4.4)
V5. Transparêcia    
(novo)
V6. licenças abertas    
(F2.9I, F4.1)
V7. Respeito e Tolerância V8. Educação geoespacial
V9. Ética    
(novo)
V10. Conhecimento livre    
(F2.9I, F4.1)
V11. Pragmatismo ...

Opções de "objetivo"

Op1. Representar, através de representante eleito democraticamente, os mapeadores da Comunidade OSM-BR no diálogo institucional com outras associações, governo ou empresas.
Fontes mais diretas: F1.8, F2.3. Justificativa: presidente, diretor, etc. são porta-vozes da comunidade, assumem naturalmente essa "representação política".
Op2. Representar os demais integrantes da Comunidade OSM-BR, tais como desenvolvedores de softwares e ferramentas OSM-BR ou técnicos de banco de dados que atuam na validação e manutenção dos dados do OSM-BR.
Fontes de inspiração: F1.1, F2.9G, F1.8. Justificativa: complementar a sugestão Op1, no sentido de não restringir a associação a apenas mapeadores.
Op3. Se fazer representar, através de grupos de trabalho e especialistas eleitos nos grupos, assegurando à comunidade OSM-BR uma cadeira em órgãos e comissões do governo e outras instituições, tais como na INDA (Infraestrutura Nacional de Dados Abertos), na ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), NIC.br (Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR), W3C-Brasil, e similares.
Fontes de inspiração: F2.9I. Justificativa: distinguir a representação política da representação técnica ou assessoria.
Op4. Adquirir e manter infra-estrutura adicional, atendendo a necessidades mais específicas da Comunidade OSM-BR.
Fontes diretas: F2 (indefinido F2.3+F2.6+F2.7), F5.1.
Op5. Servir de "encubadora" de novos projetos técnicos e novas iniciativas de mapeamento.
Fontes inspiradoras: F1.1, F2.9G. Justificativa: contemplar estrutura já existente em https://github.com/OSMBrasil
Op6. Contribuir para a melhora da qualidade dos dados orientados a sua missão, estabelecendo normas de controle e níveis de maturidade.
Fontes diretas: F1.5, F4.4.
Op7. Contribuir para a formação de um patrimônio de dados orientados a sua missão, estabelecendo dentro ou fora da associação meios de preservação digital.
Fontes inspiradoras: F2.9G. Justificativa: há uma demanda reprimida por versões de mapa mais estáveis (curadoria da qualidade) e a garantia da sua preservação digital. Há também demanda por um acervo de mapas antigos, por exemplo do Estado da Guanabara, que existiu somente entre 1960 e 1975.
Op8. Captar e gerenciar fundos para a sustentabilidade da associação e contemplar seus objetivos.
Fontes inspiradoras: F1.1, F5.1. Justificativa: os fundos se justificam por recorrência.
Op9. Padronizar as atividades dos mapeadores e decisões no escopo Brasil junto à OSM-Foundation, à Wiki e demais instâncias "legislativas" internacionais da comunidade OSM.
Fontes diretas: F1.3.
Op10. Tornar o OSM mais visível como entidade no Brasil e com maior força para liberação de informações nos órgãos públicos.
Fontes diretas: F1.9.
Op11. Difundir o OSM e seu valores no Brasil.
Fontes diretas: F2.1.
Op12. Organizar eventos da OSM-Foundation no Brasil
Fontes diretas: F5.3.
Op13. Incentivar o crescimento, desenvolvimento e distribuição de dados geoespaciais livres.
Fontes diretas: F3.1.

Período de resposta

Os e-mails serão enviados nos dias 4 e 5 de maio de 2018, e haverá uma semana de prazo (a até dia 12) para seu preenchimento.

SUBSÍDIOS

Elementos de apoio ao projeto do formulário, incluindo as fontes e as votações da curadoria para reduzir o número de opções.

Fontes

Levantamento das fontes de referência. As seguintes fontes tiveram os seus fragmentos transcritos conforme metodologia descrita na apresentação.

Rótulo Descrição URL da fonte
F1-RespCadastro Interpretação 17 respostas e tabulação de 9 delas. resultados do cadastro.
F2-PAD2018 PAD das discussões iniciais de 2018 https://pad.riseup.net/p/associacaoOSMBR
F3-Modelo2014-v2 Recorte dos itens de finalidade Modelo integral
F4-Modelo2014-v3 Recorte dos itens de finalidade Modelo integral
F5-OSMF2018 Itens de finalidade da OSMF https://blog.osmfoundation.org/about/

Recortes das fontes

Os "recortes" são fragmentos de texto relativos à finalidade da associação extraídos das fontes. Estes itens todos, extraídos das respectivas fontes, precisam ser consolidados (juntar 2 em 1 quando forem a mesma coisa).

RespCadastro

Respostas da rodada-3 anonimizadas. Das 17 respostas de texto livre fornecidas, 9 puderam ser resgatadas como finalidade:

F1.1. Gerenciamento de recursos financeiros para facilitar o desenvolvimento de projetos (de aprimoramento de atividades, como mapeamento, publicações, cursos, comunicação social, etc.)
F1.2. Desenvolvimento de projetos
F1.3. Padronizar as atividades e decisões junto ao OSM no escopo Brasil.
F1.4. Live troca de informações.
F1.5. Melhorar o mapeamento com ajuda de uma comunidade dedicada
F1.6. (Seguir recomendações como "Rules_for_local_chapters")
F1.7. Ajudar ao OSM se difundir em quantidade e qualidade no Brasil.
F1.8. Representar e cumprir algumas formalidades como pedido de mapas em órgão públicos e prefeituras.
F1.9. Tornar o OSM mais visível como entidade no Brasil e com maior força para liberação de informações nos órgãos públicos

PAD2018

Conforme PAD associacaoOSMBR. Objetivos:

F2.1. difundir o OSM;
F2.2. congregar e consolidar a comunidade;
F2.3. ser uma organização e estrutura que represente a comunidade OSM BR perante a sociedade;
F2.4. promover o aumento no número de colaboradores;
F2.5. promover o crescimento do mapeamento, consequentemente também dos dados, em quantidade e qualidade;
F2.6. prestar serviços (ter servidor);
F2.7. dar suporte à de manutenção dos dados do OSM no Brasil (controle de qualidade);

Outros:

- Promover o OSM, para atrair novos colaboradores e novos usuários para a base de dados;

- Se relacionar com entidades públicas e privadas;

- Intermediar a obtenção de bases de dados;

- Assessorar entidades na utilização da base de dados;

- Assessorar entidades na divulgação de suas bases de dados, que queiram ter politicas de dados abertos;

- Ter area juridica para tratar negativas de acesso a base de dados públicas;

- Financiar ou desenvolver tecnologias para projetos de mapeamento e captação de dados;

- Participar de agencias/conselhos/audiencias públicas sobre planejamento em entes federativos.

- informar a infra-estrutura nacional de dados abertos a respeito do posicionamento da OSM sobre licenciamento;

- solicitar participação junto a infra-estrutura nacional de dados espaciais

Modelo2014-v3

Conforme modelo, em seu "Artigo 3° - A FUNDAÇÃO terá por fim":

F3.1. incentivar o crescimento, desenvolvimento e distribuição de dados geoespaciais livres, e
F3.2. fornecimento de dados geoespaciais para qualquer um usar e compartilhar.

Modelo2014-v2

Conforme modelo, em seu "Artigo 2º: A OPENSTREETMAP BRASIL tem como finalidades":

F4.1. Desenvolver iniciativas em defesa, divulgação e desenvolvimento de mapas colaborativos e compartilhados em licença livre, tais como o OpenStreetMap;
F4.2. Promover e apoiar ações de mapeamento colaborativo, especialmente aquelas que beneficiam diretamente a maioria dos cidadãos brasileiros;
F4.3. Promover e apoiar o compartilhamento de dados geoespaciais de agências públicas e privadas;
F4.4. Zelar pela qualidade das informações nos mapas produzidos e pelo respeito às leis de direitos autorais.

OSMF2018

Itens de finalidade da OSMF extraídos de https://blog.osmfoundation.org/about/

F5.1. Ser guardiã dos servidores e serviços de computadores necessários para hospedar o projeto OpenStreetMap.
F5.2. Fornecer um veículo para angariação de fundos para apoiar o projeto. A fundação pode aceitar doações para o OpenStreetMap Project e alocar essas doações para as atividades do OpenStreetMap Project.
F5.3. Organiza a conferência anual, "Estado do mapa"
F5.4. Suporta e comunica com os grupos de trabalho, tais como comunicações, licenciamento, etc. O conselho da fundação às vezes delegará várias tarefas a grupos de trabalho, tais como relações públicas, desenvolvimento de sites, etc.

Agrupamento das fontes

Os itens acima foram agrupados com auxílio desta planilha.

grupo assuntos fontes
acao-admin angariar, gerenciar e destinar fundos; suporte à Comunidade OSM F1.1, F5.4, F2.9G, F5.2
acao-comunidade consolidar a comunidade OSM, regras e padrões F2.2, F1.3
acao-intermediar intermediar serviços e doações de dados F2.9C
acao-projetos desenvolver projetos F1.2
acao-qualidade melhora da qualidade, representar a comunidade OSM F1.5, F4.4, F1.8, F2.3
acao-representar enviar representante, promover abertura de dados, relações públicas F2.9H, F2.9J, F2.9F, F2.9B
acao-serviço prestar servicos de customização, representar-se na INDA, prestar outros serviços F3.2, F2.9I, F2.6
acao-suporte melhora da qualidade e suporte, prestar servicos de assessoria F2.7, F2.9D, F2.9E
infra-guarda zelo pelo patrimonio F5.1
promocao-eventos organizar eventos F5.3
promocao-governo promover OSM no governo F1.9
promocao-qualidade melhora da qualidade F1.7
promocao-valor captar mais colaboradores, geral, melhora geral, promover ações educativas, promover e defender valores F2.4, F2.9A, F1.4, F2.1, F2.5, F4.2, F3.1, F4.1, F4.3

Seleção da curadoria

O formulário precisa ofertar um "número razoável" de opções distintas aos votantes (~10 opções), deve-se evitar a inclusão de opções irrelevantes ou muito parecidas. Os "curadores" no Telegram-Associação votam em (até 10 itens cada um) para estabelecer quais os prioritários: itens sem voto podem ser eventualmente excluídos do formulário se houver um número muito grande.

  • Tierry em 2018-04-21: F1.3, F1.9, F2.1, F3.1, F4.4 e F5.2.
  • Ppkrauss em 2018-04-27: F1.1, F1.3, F1.5, F1.8, F2.3, F2.9G, F2.9I, F4.4, F5.1.



RESULTADOS

Tabulação dos resultados obtidos no formulário de votação.
Efeitos da tabulação transcritos para o texto em construção no GDoc (v0.1.0).

12 de maio

Dos 32 inscritos na Rodada-3, 16 esponderam: santamariense , Marcos Medeiros , Márcio Vínícius Pinheiro , alan77 , altmannbruno , ppKrauss , Patrícia Leal , naoliv , virgilinojuca , Josafá Santos , Anderson Luciano , narceliodesa , Antmadeira , Almeidalz , smaprs .

Resultados aplicados ao texto versão 0.2.0, resultando na versão 0.3.0. OS eleitos os valores com 50% ou mais de aprovação:

Variável Valor eleito Votos
$Nome_extenso OpenStreetMap Brasil 63%
$Obj_Missao Promover a abertura, fusão, construção colaborativa e preservação de dados espaciais de utilidade pública para o Brasil. 69%
$valor1 Dados abertos 94%
$valor2 Conhecimento livre 75%
$valor3 Transparência 70%
$valor4 Respeito, acolhimento e tolerância 70%
$valor5 Qualidade do mapa 63%
$valor6 Unidade 50%
Uso da cláusula 1.2.2, compromisso
com a OSMF
SIM 53%
$Obj_item1 Representar, através de representante eleito democraticamente, os mapeadores da Comunidade OSM-BR no diálogo institucional com outras associações, governo ou empresas. 50%
$Obj_item2 Se fazer representar, através especialistas eleitos em grupos de trabalho, assegurando à comunidade OSM-BR uma cadeira em órgãos e comissões do governo e outras instituições, tais como na INDA (Infraestrutura Nacional de Dados Abertos), na ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas), NIC.br (Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR), W3C-Brasil, e similares 63%
$Obj_item3 Servir de "encubadora" de novos projetos técnicos e novas iniciativas de mapeamento. 63%
$Obj_item4 Contribuir para a melhora da qualidade dos dados orientados a sua missão, estabelecendo normas de controle e níveis de maturidade. 50%
$Obj_item5 Contribuir para a formação de um patrimônio de dados orientados a sua missão, estabelecendo dentro ou fora da associação meios de preservação digital. 50%
$Obj_item6 Captar e gerenciar fundos para a sustentabilidade da associação e contemplar seus objetivos. 50%
$Obj_item7 Padronizar as atividades dos mapeadores e decisões no escopo Brasil junto à OSM-Foundation, à Wiki e demais instâncias "legislativas" internacionais da comunidade OSM. 63%
$Obj_item8 Tornar o OSM mais visível como entidade no Brasil e com maior força para liberação de informações nos órgãos públicos. 69%
$Obj_item9 Difundir o OSM e seu valores no Brasil. 81%
$Obj_item10 Organizar eventos da OSM-Foundation no Brasil. 69%
$Obj_item11 Incentivar o crescimento, desenvolvimento e distribuição de dados geoespaciais livres. 81%

FINALIZAÇÃO DA RODADA

A votação não conclui o processo, os resultados são transcritos para o texto da Proposta de Estatuto, e os participantes da rodada endossam ou aprimoram a transcrição. Passo-a-passo:

  1. Um dos redatores transcreve e adapta os resultados para o texto GoogleDoc no máximo terça dia 15. O resultado é a versão v0.1.0. Os demais redatores revisam ortografia e elementos básicos, resultando em versões v0.1.X.
  2. Os demais participantes avaliam direto no googleDoc, deixando lá comentários onde desejarem, e discutindo mais longamente no Telegram-Associação até dia 17.
  3. Os redatores fazem as devidas adaptações e então rotulam o texto de v0.1.Y.
  4. O texto é divulgado de forma mais ampla e fica para consulta pública do dia 17 ao dia 20, para comentários e discussões mais amplos.
  5. Os redatores fazem as devidas adaptações e então rotulam o texto de v0.2.0.
  6. Inicia-se a Rodada-4.2.