Pt:Import

From OpenStreetMap Wiki
Jump to: navigation, search
Linguagens disponíveis — Import
Afrikaans Alemannisch aragonés asturianu azərbaycanca Bahasa Indonesia Bahasa Melayu Bân-lâm-gú Basa Jawa Baso Minangkabau bosanski brezhoneg català čeština dansk Deutsch eesti English español Esperanto estremeñu euskara français Frysk Gaeilge Gàidhlig galego Hausa hrvatski Igbo interlingua Interlingue isiXhosa isiZulu íslenska italiano Kiswahili Kreyòl ayisyen kréyòl gwadloupéyen kurdî latviešu Lëtzebuergesch lietuvių magyar Malagasy Malti Nederlands Nedersaksies norsk norsk nynorsk occitan Oromoo oʻzbekcha/ўзбекча Plattdüütsch polski português română shqip slovenčina slovenščina Soomaaliga suomi svenska Tiếng Việt Türkçe Vahcuengh vèneto Wolof Yorùbá Zazaki српски / srpski беларуская български қазақша македонски монгол русский тоҷикӣ українська Ελληνικά Հայերեն ქართული नेपाली मराठी हिन्दी অসমীয়া বাংলা ਪੰਜਾਬੀ ગુજરાતી ଓଡ଼ିଆ தமிழ் తెలుగు ಕನ್ನಡ മലയാളം සිංහල ไทย မြန်မာဘာသာ ລາວ ភាសាខ្មែរ ⵜⴰⵎⴰⵣⵉⵖⵜ አማርኛ 한국어 日本語 中文(简体)‎ 吴语 粵語 中文(繁體)‎ ייִדיש עברית اردو العربية پښتو سنڌي فارسی ދިވެހިބަސް
O texto desta página é a tradução do artigo original em inglês, conferida em 17/05/2014.

Importação (também conhecido como importação em massa ou em lote) é o processo de enviar dados externos ao OSM.

Importações em lote são feitas para complementar os dados coletados por voluntários individuais, os dados deles e a capacidade deles de trabalhar em uma área sempre tem prioridade. Muitas fontes de dados candidatas livres foram incorporadas ao OSM no passado, tais como AND Data na Holanda, TIGER nos Estados Unidos, Canvec no Canadá, e MassGIS no estado americano do Massachusetts.

Diferente de editar o mapa ou enviar trilhas GPX, importar combina um conjunto de dados existente com o conjunto do OSM, e portanto tipicamente envolve um complexo processo de mesclagem.

Mais informações

Orientações de importação
As regras fundamentais. Leia isto antes de planejar e executar uma importação.
Catálogo de importação
Uma lista de dados importados. Documente as importações aqui para facilitar o compartilhamento de conhecimento e de resolução de problemas.
Programas
Descrição dos programas e do processo de importação.
Tratando de importações problemáticas
O que fazer se você descobrir uma importação problemática.
Metodologia/Importação de endereços do Brasil
Descrição mais técnica dos algoritmos específicos utilizados no Brasil.

Importações realizadas

As importações dependem de algoritmos a serem reutilizados, algoritmos preferencialmente padronizados e com confiabilidade aferida através do histórico de importações realizadas.

Por favor listar abaixo todas as importações realizadas e minimamente documentadas, para que possam ser utilizadas como referência e que possamos acompanhar a partir desta página as várias iniciativas, antigas ou novas:

Município Data-inicio Tipo de objetos Número Status Página de documentação do processo
BR-PR/Curitiba 2018-12 endereços 300000 Metade Pt:Curitiba/Importação IPPUC
BR-RS/Porto Alegre 2016-04 marcos geodésicos 100 executada Pt:Import/Catalogue/Brazil PMPA Buildings Import
BR-RS/Porto Alegre 2016-04 prédios 500000 executada Pt:Import/Catalogue/Brazil PMPA Buildings Import
BR-RS/Porto Alegre 2019-02? endereços 203058 em aprovação Pt:Import/Catalogue/Brazil PMPA Addresses Import

Registro das aprovações

Antes de realizar uma importação ela deve ser amplamente anunciada na comunidade e esse anúncio deve permanecer registrado (tal como num "diário oficial"), bem como eventuais votos a favor ou contra a importação. Sugere-se um mínimo de 3 votos a favor (sem nenhum contra) como critério de aprovação.

Sugere-se destacar os votos de aprovação nos seguintes canais:

Ver também

Atividades obsoletas