Pt:Tag:waterway=riverbank

From OpenStreetMap Wiki
Jump to navigation Jump to search
Public-images-osm logo.svg waterway = riverbank
Dscf1891-800.jpg
Descrição
A área coberta pela água de um rio. Edit or translate this description.
Renderização em osm-carto
Rendering-waterway-riverbank.png
Grupo: Rios
Usado nos elementos
não deve ser usado em pontosnão deve ser usado em linhaspode ser usado em áreasnão deve ser usado em relações
Wikidata
Situação: em utilização

Este documento descreve como se deve etiquetar os rios largos, ou secções de um rio que são largos o suficiente para "exigir" o mapeamento de várias áreas de água de um rio. Exemplo: rio Tâmisa(en) que passa pela área central de Londres(en).

Para rios mais estreitos não é necessário desenhar a área da sua margem, mas poderá ser útil, em especial nos casos em que são irregulares.

Como Mapear


A área do rio deve ser marcada como uma área fechada, desenhada ao longo das margens e fechada em cada uma das extremidades. Na prática, visto que um rio largo tende a ser também longo, o rio é desenhado como uma sucessão de áreas fechadas adjacentes umas às outras (caminhos 1 e 3 da imagem em cima).

Estas áreas devem ser etiquetadas como waterway=riverbank OU natural=water + water=river.

O uso de waterway=riverbank é uma alternativa a natural=water + water=river que foi proposto como preferível, mas é menos usado.

Além disso, deve ser desenhado um caminho etiquetado como waterway=river (caminho 4 na imagem em cima) na direção da correnteza do rio (ou seja, da nascente para o mar).

Ilhas e Bancos de Areia

Para mapear ilhas num rio, pode ser criada uma relação do tipo multipolígono(en), e a ilha e o rio devem ser incluídos na relação. O caminho principal da margem do rio (caminho 1 da imagem em cima) deve ter a regra 'outer' e o caminho da ilha (caminho 2 na imagem em cima) deve ter a regra 'inner'. Ao mapear com relações de multipolígono, não se deve etiquetar os membros da relação com waterway=riverbank- isto é errado. Os caminhos que pertencem à relação não devem ser etiquetados, a não ser que tenham um significado próprio (como barrier=retaining_wall).

É prática bastante comum não mapear ilhas não permanentes e que mudam rapidamente (bancos de areia). Por vezes, a cobertura vegetal nas ilhas fluviais pode ser usada como um indicador de sua permanência, embora também possa ser enganosa - existem muitos exemplos de ilhas fluviais sem vegetação que são estáveis ​​por muitos anos. Ao mapear a partir de imagens aéreas ou de satélite, poderá ser útil comparar imagens de anos diferentes.

Make river landsat.png

Ver Também