Pt:Tag:landuse=residential

From OpenStreetMap Wiki
Jump to navigation Jump to search
Public-images-osm logo.svg landuse = residential
Lawrenceville.jpg
Descrição
Predominantemente de casas ou prédios de apartamentos. Edit or translate this description.
Grupo: Uso da terra
Usado nos elementos
não deve ser usado em pontosnão deve ser usado em linhaspode ser usado em áreaspode ser usado em relações
Combinações úteis
Wikidata
Situação: de facto

Utilize esta etiqueta para uma área cujo uso do solo predominante seja residencial, ou seja, ocupada por casas ou edifícios de apartamentos.

Se há uma ou outra área pequena de uso diferenciado (como uma empresa ou pequena loja) dentro de uma área predominante residencial, ainda se pode usar landuse=residential para o contorno de toda a grande área. É evidente que se a mudança de uso de solo é relevante faz sentido mapeá-la. A relevância geralmente decorre do tamanho — um grande shopping justifica um área com a tag landuse=retail. Isto é uma decisão do mapeador. Se necessário, é possível fazer um “furo” para outro uso de solo dentro de uma área maior através de uma relação de multipolígono.

A tag landuse=* é geralmente utilizada para grandes áreas e não na granularidade de lotes individuais. Como já descrito acima, alguns casos de uso de solo diferenciado pontualmente não costumam justificar a criação de um novo polígono com landuse=* específico.

A extensão da área desta tag deve demarcar o limite de um uso residencial conhecido, e não a extensão de um todo como place=town ou place=village.

A combinação com a tag name=* é útil em caso de conjuntos habitacionais, desenvolvimentos imobiliários, glebas, favelas ou ocupações com nome. De qualquer forma, convém considerar a criação de um nó place=quarter ou place=neighbourhood ao invés disso. Não é recomendado delimitar bairros com landuse=residential, pois, para este fim, é mais apropriado utilizar fronteiras administrativas (boundary=administrative) com nível 10 (admin_level=10).

Separação por ruas

Não há problema em ruas passarem por áreas residenciais. No entanto, alguns contribuidores dividem áreas residenciais em quadras que não contêm qualquer rua; outros restringem essa divisão apenas por vias importantes; outros, ainda, desenham uma grande área residencial em torno de uma cidade inteira. Esta última prática é pouco precisa e indica que um maior detalhamento se faz necessário; é até certo ponto aceitável em pequenas cidades, já que serve para demarcar a marcha urbana.

Na situação em que uma área landuse=* é limitada por uma via, há duas opções de representação. a) O mais comum é desenhar uma linha próxima à via; b) a outra alternativa é reutilizar os nós da linha que representa a via. Ambos os métodos têm suas vantagens e desvantagens, e nenhum é plenamente incorreto.

Ainda assim, sugere-se desenhar sem grudar a área de landuse no eixo da via, terminando no alinhamento residencial (linha de muros particulares), que é o que na realidade limita e distingue as áreas privadas (lotes) das áreas públicas (vias). Além disto, por outras razões, como por ex. para simplificar eventuais refinamentos posteriores (área real de vias); para evitar locar elementos da área pública (vias) em landuses adjacentes; e para evitar que mapeadores inexperientes conectem acidentalmente vias a landuses ao invés de em outras vias.

Se você tiver acesso à informações de parcelamento do solo, você provavelmente desenhará as formas com landuse=residential ao longo das bordas do lote, que estão normalmente a alguma distância da linha central da via, ou seja, depois da calçada. Desenhe desta forma ou discuta em Key:landuse discussion page(en).

Aglomerados subnormais

O projeto de aglomerados subnormais do IBGE realizou a importação de áreas de favelas e assentamentos irregulares como landuse=residential, com name=* originário do banco de dados do IBGE, e uma tag fixme=* que geralmente apenas recomenda a correção do polígono para onde predominam edificações residenciais vizinhas. Entretanto, convém também verificar a relevância do nome (não há aglomerado subnormal sem nome na lista do IBGE, mas nem sempre a área residencial é compreendida e/ou conhecida de fato por um nome específico) e o real uso do solo da área. Novamente, a criação de um nó place=quarter, place=neighbourhood ou mesmo place=city_block pode ser uma solução pertinente.

Renderização

Rendering-area-landuse-residential.png

Veja também