Pt:Key:place

From OpenStreetMap Wiki
Jump to navigation Jump to search
Public-images-osm logo.svg place
Bremen.png
Descrição
Define o centro ou limite de um local com toponímia. Edit or translate this description.
Grupo: Places
Usado nos elementos
pode ser usado em pontosnão deve ser usado em linhaspode ser usado em áreaspode ser usado em relações
Valores documentados: 30
Requer
Combinações úteis
Ver também
Situação: de facto

Descrição

A etiqueta place=* ("lugar" em inglês) é fundamental para determinar o nome da localização e indicar o seu tipo. Deve existir uma etiqueta "place" em todos os povoados humanos (cidade, vila, aldeia, bairro, etc.) e também em locais inabitados importantes, mas que sejam identificados por um nome.

Valores

Em alguns países a classificação do lugar (se é uma cidade, vila, etc) é definida pelo governo.

Brasil

No Brasil é convencionado classificar os locais de acordo com a sua população, de forma a manter um padrão mais condizente com o resto da comunidade OSM.

Uma cidade classificada como village não indica que a mesma foi rebaixada para "vila", mas que apenas possui um tamanho menor.

Etiqueta População Descrição
place=city > 100.000 O maior estabelecimento humano no território, incluindo capitais.
place=town 10.000 - 100.000 Cidade de importância local, com uma boa gama de estabelecimentos como escola, hospital, etc.
place=village < 10.000 Um local menor, geralmente com ausência de alguns estabelecimentos.
place=hamlet < 100-200 Geralmente comunidades rurais.
place=isolated_dwelling não mais de 2 famílias O menor tipo de assentamento humano.
place=locality 0 Locais que têm um nome específico, mas não têm necessariamente qualquer centro geográfico característico. Não possui população.
place=suburb (Subúrbio) Parte de uma área urbana maior (cidade, vila, etc.). Geralmente um "bairro". Onde houver, pode ser usado para distritos e sub-distritos também.
place=neighbourhood (Vizinhança) Parte de uma área urbana maior (cidade, vila, etc.). É menor do que suburb. Geralmente usado como subdivisão de um "bairro".
place=island Grandes fragmentos de terra cercada por água.
place=islet Pequenos fragmentos de terra cercada por água.
place=farm Uma fazenda individual nomeada distintamente

Um lugar pode ser tanto um único nó ou uma área (caminho fechado). Em muitos lugares, esses dois são combinados com algumas vantagens bu dando alguns dados duplicados.


Portugal

Com base na proposta de padronização de localidades aprovada em junho de 2021, a etiqueta "place" é usada conforme a tabela em baixo, e vem substituir a anterior classificação, cuja tipologia usava conceitos administrativos e não com base na classificação oficial.

Utilizando a classificação oficial, os utilizadores podem, se assim o quiserem e com os devidos programas, classificar os locais de acordo com a população com o recurso à etiqueta population=*. Convém notar que os mapas comuns impressos de Portugal costumam usar o sistema de classificação oficial ou baseados neste e não conforme o número de habitantes.

Etiquetas Aplicabilidade
place=city Para todas as cidades.
place=town Para todas as vilas.
place=village Localidade-sede de freguesias rurais. No caso de uma união de freguesias, as antigas sedes também recebem esta etiqueta.

Para freguesias urbanas que não correspondem a uma localidade, mas a uma divisão administrativa, passa-se a usar apenas a divisão administrativa (ver em baixo), com boundary=administrative e admin_level=8.

place=neighbourhood Para bairros urbanos ou rurais.
place=suburb Um subúrbio urbano, que corresponde a uma área com toponímia, indistinguível da cidade ou vila com a qual confina.
place=city_block Para um quarteirão urbano, uma subdivisão de bairro com nome (toponímia).
place=hamlet Todas as aldeias, localidades ou lugares que não se insiram na malha urbana de localidades maiores e que, por isso, tenham uma identidade própria.
place=isolated_dwelling Menor tipo de povoado humano. Aglomerado isolado com uma a cinco habitações, mas com toponímia própria.
place=farm Propriedade rural de dimensões relevantes, normalmente designada por herdade, quinta, fazenda, etc., com toponímia local ou oficial.
place=locality Local ermo e desabitado.

Utilização

Como pontos

O uso de um ponto nó é a forma mais simples e utilizada para mapear a maioria dos povoados, colocando o ponto sensivelmente no centro do povoado, como numa praça central, edifício administrativo ou outro de grande relevo.


Como áreas

O método mais comum de mapear "places" é colocando um ponto no seu centro aproximado, mas alguns mapeadores preferem usar uma área. Porém, normalmente, estas povoações não têm um limite verificável e existem interpretações diferentes quanto ao significado de áreas que representam locais povoados. Este método também perde a informação do centro do "place", que é importante para quem usa os dados, em particular para roteamento. Os utilizadores dos dados não devem esperar que a geometria da área de uma "place" tenha algum significado particular.

Se um "place" tiver um limite razoavelmente definido e verificável, pode fazer sentido mapeá-lo como uma área. Desta forma, pode-se definir a extensão do local, que poderá ser muito útil quando se usa o Nominatim para pesquisas de endereços. De outra forma, os resultados devolvidos podem ser confusos, devido ao "ruído" de outros pontos "place" vizinhos e não relacionados.

Convém notar que para algumas aplicações, em particular programas de roteamento, não ter um ponto central pode causar problemas, porque terão de calcular o "centróide" da geometria da área, o que, em alguns casos, pode ser muito impreciso. Para povoados menores, este não costuma ser um problema relevante, pois a maioria das pessoas pretende apenas navegar para o local, e não para um centro definido aleatoriamente por algum mapeador.

place=island e place=islet costumam ter um contorno bem definido, sem um centro, por isso, são normalmente mapeadas como áreas. Locais muito grandes, como place=continent, place=ocean e place=sea são sempre mapeados com pontos, por convenção.



Locais definidos administrativamente

LOADING TAG LIST... (If you do not see this tag list, you need to enable Javascript)

This table is auto-generated. See Taginfo/Taglists for a documentation on it.

Povoados, urbanos

LOADING TAG LIST... (If you do not see this tag list, you need to enable Javascript)

This table is auto-generated. See Taginfo/Taglists for a documentation on it.

Povoados, urbanos e rurais

LOADING TAG LIST... (If you do not see this tag list, you need to enable Javascript)

This table is auto-generated. See Taginfo/Taglists for a documentation on it.

Outros locais

LOADING TAG LIST... (If you do not see this tag list, you need to enable Javascript)

This table is auto-generated. See Taginfo/Taglists for a documentation on it.

Outras etiquetas a utilizar simultanemanete

Tag Description
name=*
place_name=*
O nome do lugar. Processadores apresentam o valor em letra grande, como um rótulo. Se um polígono (ao invés de um único nó) é tão marcado, a etiqueta normalmente será colocado no centro geométrico do polígono. Desde o centro geográfico do território de uma cidade pode ser muito longe do que é considerada a cidade propriamente dita, é comum a prática de deixar essa marca fora do polígono e colocar um nó com tags lugar e nome no centro da cidade. Nota: Além de 'nome', há um conjunto de variantes que lhe permite também marca nomes alternativos, nomes como usado em diferentes idiomas. Veja Key:name
is_in=* Um antigo método de indicação onde um elemento é. OSM é um banco de dados espacial Isso significa que é fácil descobrir elementos bruxa estava dentro outros. Este é sobretudo realizada com uma volta place=* ou boundary=administrative maneiras / ou de outras relações.

Às vezes, essas fronteiras não são facilmente avalible. Se elementos suficientes é marcado com o nome do mesmo município (f.ex), poderia ser possível sintetizar a fronteira através de um polígono em torno deles e remover o is_ins.

addr:postcode=*
postal_code=*
Postal code-de-berlin.png
Valores para postal_code deve ser obtido a partir de fontes compatíveis com o OpenStreetMap License(en). No Reino Unido, a Royal Mail vai reagir mal se ele sair são derivada, ainda que indirectamente, do seu Código Postal Informações sobre o arquivo (PIF ). Fontes indiretas incluem listas telefónicas, e também muitos sites que são uma espécie de diretório: eles quase certamente teve acesso ao PIF ou uma derivação dela para criar seu banco de dados. Por exemplo, BeerInTheEvening.com é provavelmente uma fonte tainted de dados de código postal para bares. Em contrapartida, o site possui algum pub's - se é claramente instituído pela publicação - seria imaculado.
population=<number> O population=<number> chave pode ser usada para indicar um número bruto de cidadãos num determinado local.