Pt:Tag:highway=trunk

From OpenStreetMap Wiki
Jump to navigation Jump to search
Public-images-osm logo.svg highway = trunk
Dscf0444 600.jpg
Descrição
Estradas com características próximas às das autoestradas: alta velocidade (≥80 km/h), pistas/vias para cada sentido separadas, proibição de uso para certos tipo de transportes. Em Portugal: usado em IP, IC e vias com símbolo H25. Edit or translate this description.
Renderização em osm-carto
Rendering-highway trunk carto.png
Grupo: Rodovias
Usado nos elementos
não deve ser usado em pontospode ser usado em linhasnão deve ser usado em áreasnão deve ser usado em relações
Sugere
Combinações úteis
Ver também
Situação: em uso

Wikidata

Descrição

Estradas importantes que não são autoestradas, mas com características aproximadas, onde as vias de sentido oposto costumam estar separadas, com proibição de acesso para certos tipo de transportes, como bicicletas, animais, etc.

Portugal road sign H25.svg Em Portugal, são marcadas com esta etiqueta as Vias Rápidas, os Itinerários Principais e os Itinerários Complementares. (Apenas vias com o símbolo H25 - Via reservada a automóveis e motociclos.) A nível urbano, incluem Vias de Penetração e Circulares Internas e Externas que configurem condições aproximadas às das autoestradas. Convém referir que, por vezes, estas estradas são classificadas em certos troços como Autoestradas ou mesmo Estradas Nacionais, Regionais ou Municipais. Nestes casos, prevalece a classificação mais elevada. No caso da ilha da Madeira, as Via Rápidas são Estradas Regionais principais, optando-se por utilizar a abreviação VR para as duas Via Rápidas existentes. Para mais informações, consultar Padronização do OSM em Portugal.

Como mapear

Map dual carriageway.png

Para mapear uma estrada do tipo trunk, basta desenhar uma linha. Selecione todas as vias que pertencem à rodovia e adicione a etiqueta highway=trunk. Como sempre, deve-se adicionar oneway=yes quando só é possível circular num dos sentidos. Verifique se o caminho aponta na mesma direção do sentido de circulação, caso contrário inverta o sentido da linha.

No caso de uma estrada duplicada, deve-se desenhar uma linha para cada sentido e etiquetar cada sentido separadamente. Posicione os nós alinhados (como no exemplo), de modo a obterum melhor resultado quando o mapa for renderizado.


Etiquetas adicionais

Para adicionar mais informações, pode-se usar outras etiquetas:

  • name=nome - O nome oficial da rodovia. Por exemplo: Rua Central.
  • maxspeed=número - A velocidade máxima, em km/h que é permitida na estrada. Por exemplo: 90.
  • minspeed=número - A velocidade mínima, em km/h que é permitida na estrada. Por exemplo: 50.
  • ref=referência - A referência da estrada. No Brasil: R 372 ou C 452; em Portugal: EN 104; IC 1, etc.
  • maxweight=número - O limite de peso permitido na estrada, em toneladas. Por exemplo: 5.5
  • surface=* - O material de que é feita a estrada ou se é pavimentada.
  • lanes=número - O número de vias/pistas que existe no troço da estrada selecionado.
  • motorroad=* indica se é permitido somente o trânsito de veículos motorizados
  • destination=* Indica o destino da estrada. Considere a direção do caminho e use o nome da cidade escrito sobre a placa que pertence à ligação à estrada trunk. Por exemplo "Lisboa" (para mais informações sobre ligações, ver highway=motorway_link).


Situações especiais

Em casos especiais, pode ser necessário usar outras etiquetas:

  • highway=trunk_link - As estradas de acesso (rampas) que ligam à estrada do tipo trunk.
  • bridge=yes + layer=1 - Se a rodovia passa por uma ponte.
  • tunnel=yes + layer=-1 - Se a rodovia passa por um túnel.

Exemplo

Imagem Etiquetas Osmrender
Dscf0444 600.jpg

(em cada faixa separada)

highway=trunk

name=Itinerário Complementar 8
bicycle=no

foot=no

horse=no

lanes=2

maxspeed=100

oneway=yes

ref=IC 8

surface=asphalt

Loading map...